Se adeque à Legislação! Tenha um SAT de contingência!

Se adeque à Legislação! Tenha um SAT de contingência!

Imprevistos acontecem e às vezes seu SAT pode dar algum problema. E nessas horas, o que deve ser feito? Conforme portaria CAT nº 8/2018, a Sefaz divulgou a obrigatoriedade da posse de um Equipamento SAT Contingência/Reserva ativado.

Além de fazer parte da Lei, ter um SAT de contingência evita que sua operação inteira pare, com isso os atendimentos ficam prejudicados e seus clientes insatisfeitos. Passar uma boa imagem é essencial para que a fidelização de clientes e deixá-los esperando por muito tempo, arruína a experiência do usuário.

Se previna!

Evite que seu negócio seja prejudicado, tome precauções para que todos os problemas que venham a surgir sejam rapidamente resolvidos sem dores de cabeça. Tenha equipamentos de reserva de qualidade, prontos para atender seus clientes quando os atuais derem algum problema.

Portanto, com a nova lei, caso seu negócio esteja apenas com um SAT sem ter um de contingência, se faz necessário a compra de um novo aparelho. Nós da iDCS Automação, podemos te ajudar com a compra de um SAT de contingência, fale com um de todos consultores e descubra mais sobre isso!

Além do SAT de contingência, é importante você ter uma impressora e até mesmo um leitor óptico de reserva, para não correr o risco de deixar o atendimento lento ou totalmente prejudicado.

Caso você já tenha um SAT de contingência, sem estar em operação, a nova medida orienta que estes equipamentos estejam devidamente ativados e prontos para uso. Isso corrobora o fato de utilizar seu SAT a qualquer momento que seja necessário o uso de imediato.

Confira tudo que o CAT nº 8/2018 diz:

Portaria CAT nº 8/2018 – DOE/SP de 07.02.2018

Altera a Portaria CAT 147/2012, de 05.11.2012, que dispõe sobre a emissão do Cupom Fiscal Eletrônico – CF-e-SAT por meio do Sistema de Autenticação e Transmissão – SAT, a obrigatoriedade de sua emissão, e dá outras providências.

O Coordenador da Administração Tributária, tendo em vista o disposto no Ajuste SINIEF-11/2010, de 24.09.2010, no Ato Cotepe ICMS-09/2012, de 13.03.2012, e no artigo 212-O, II e §§ 2º e 7º, do Regulamento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação – RICMS, aprovado pelo Decreto 45.490, de 30.11.2000, expede a seguinte portaria:

Art. 1º Passa a vigorar, com a redação que se segue, o artigo 25 da Portaria CAT 147/2012, de 05.11.2012:

“Art. 25. O contribuinte obrigado à emissão de CF-e-SAT deverá dispor de equipamentos SAT de reserva ativados para atender aos casos de contingência.” (NR).

Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *

dez + 19 =